Pedagogia
andersongomes
2

Seguindo a contextualização dos anos de 1960, Paulo Freire não desvaloriza a concepção da escola, apenas a desmitifica. Instigou um repensar sobre a prática educativa seguindo o princípio de que a educação era um ato político, podendo servir tanto para a submissão como para a libertação do povo. Ao interpretar as afirmativas que consolidam o pensamento de Freire, quando esse defende a educação, podemos considerar como INCORRETO, o pensamento que expressa que: Alternativas 1 - Educação é uma ação "instrumentalizadora" na construção da gênese do conhecimento. 2 - Educação deve estar permeada por conteúdos programáticos que sirvam à formação acadêmica, das camadas populares 3 - Educação escolar se encontra revestida pelo conhecimento popular, ela reconhece a importância desse conhecimento, como elemento educativo. 4 - Educação não deve acreditar que apenas o conhecimento popular deva ser desenvolvido nos grupos populares. Sua resposta Questão 2 Nota: Não gerada Ao realizar a leitura do texto da WEB Aula conhecemos um pouco mais sobre Paulo Freire. Dentre as indicações apresentadas pelo texto, ainda podemos considerar que uma das alternativas não corresponde ao trabalho e pensamento apresentado por Paulo Freire. Assim consideramos como Incorreta a seguinte afirmativa indicada abaixo: Alternativas 1 - Paulo Freire passou a vida engajado na luta pela subordinação das classes populares (e foi exilado por isso), iria desenvolver um pensamento educativo que negasse a estas classes o conhecimento científico e artístico que constituem um patrimônio de toda a humanidade. 2 - Paulo Freire sempre defendeu o direito do povo de conhecer melhor o que já sabe e conhecer aquilo não sabe. Ele valoriza o conhecimento popular e reconhece sua importância como elemento educativo. 3 - Paulo Freire nunca defendeu a ideia de que o conhecimento popular fosse um conhecimento suficiente. Defendeu que a educação é uma ação "instrumentalizadora" na construção da gênese do conhecimento. 4 - Paulo Freire não apresentava uma postura de negação total aos conteúdos tratados pela educação. Sua resposta Questão 3 Nota: Não gerada Paulo Freire, trouxe um novo espírito à Educação de Jovens e Adultos. Se tornou um marco teórico na Educação de Adultos, isto é, instigou um repensar sobre a prática educativa que unia pela primeira vez a especificidade dessa Educação em relação a quem educar, para que e como educar, a partir do princípio de que a educação era um ato político, podendo servir tanto para a submissão como para a libertação do povo. Paulo Freire fundou como uma de suas primeiras experiências em alfabetização: Alternativas 1 - Movimento Brasileiro de Alfabetização – MOBRAL 2 - Movimento de Alfabetização de Adultos – MOVA 3 - Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos – CEEBJA 4 - Círculo de Cultura Sua resposta Questão 4 Nota: Não gerada Paulo Freire conferiu à Educação de Jovens e Adultos referências teórico-metodológicas próprias, permitindo a inserção da EJA no debate político educacional brasileiro. Na década de 1960, como outros jovens brasileiros, Paulo Freire, já adulto, participou da fundação do Movimento de Cultura Popular, lançado pelas forças progressistas de Recife, e coordenou nessa ocasião, o Projeto de Educação de adultos. O então Ministro da Educação, convida Paulo Freire para coordenar o Programa Nacional de Alfabetização, pois ficou impressionado com os resultados alcançados pelo Método Paulo Freire, na alfabetização de camponeses na cidade de ____________________________. Alternativas 1 - Campo Grande 2 - Uberaba 3 - Jaboatão 4 - Angicos Sua resposta Questão 5 Nota: Não gerada Paulo Freire entende a relação autoritária como: I)uma relação pedagógica e democrática, II)uma relação que impossibilita o diálogo, III)uma relação no qual a riqueza das diferenças entre educador e educando permite crescimento e troca, IV)uma relação na qual alguns sujeitos se tornam objetos de outros diante da construção da história, V)uma relação autoritária auxilia na tarefa educacional, pois todos se adequam. Após leitura e interpretação, podemos considerar como CORRETA: Alternativas 1 - A alternativa I e V apresenta dados corretos. 2 - A alternativa II e IV apresenta dados corretos. 3 - A alternativa I, II, III e IV apresentam dados corretos. 4 - A alternativa III e IV apresenta dados corretos.

+0
(1) Respostas
priscilasil

A questão I e III não corresponde ao pensamento de PF , ele sempre defendeu a troca de saberes e tinha profundo respeito ao conhecimento popular.

Adicionar resposta